(41) 3092-4200 Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV

A aplicação de triancinolona, que é um potente medicamento anti-inflamatório esteroidal, dentro da cavidade vítrea, ou seja, no interior do olho, é chamada de aplicação intravítrea de triancinolona.

Esta aplicação é realizada através de uma fina agulha (30 gauges de calibre), na parte branca do olho. É muito rápida e o método que é utilizado inclui uma pequena anestesia tópica e local antes da aplicação, garantindo um procedimento indolor.

A medicação permanece dentro da cavidade vítrea, exercendo seu potente efeito diretamente sobre a retina durante alguns meses.

A triancinolona inibe o processo da inflamação, causando uma grande diminuição da permeabilidade vascular e, consequentemente, intensa e duradoura diminuição no edema macular.

Por se tratar de um corticóide, há risco de aumento da pressão intraocular em até 40% dos casos segundo alguns estudos. Quando este aumento de pressão ocorre, ele é na grande maioria das vezes tratável e transitório. Como geralmente não é um tratamento de primeira escolha, conhecendo-se o comportamento da pressão ocular do paciente ao usar colírios de corticóides, o médico pode estar mais ou menos propenso a escolher esta opção terapêutica. O tratamento com triancinolona intravítrea é desaconselhado em pacientes com aumento de pressão intraocular ou glaucoma.

Duração: aproximadamente 5 minutos.
Preparo: pede-se para que o paciente venha acompanhado. Não há necessidade de dilatação pupilar, nem de jejum.

Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV