(41) 3092-4200 Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV

O glaucoma agudo é uma urgência oftalmológica. Ele se caracteriza por um abrupto e grande aumento da pressão intraocular, normalmente com valores acima de 40 mmHg.

Os sintomas são dor intensa, vermelhidão, embaçamento visual e uma pupila dilatada e paralisada. A dor é tão intensa que pode vir acompanhada de náuseas e vômitos.

Os fatores de risco para o glaucoma agudo são a presença de uma característica anatômica dentro do olho que leva ao risco de fechamento do ângulo que fica entre a íris e a córnea, na divisão entra a área branca e a colorida do olho. Chamamos esta característica de ângulo oclusível, ou seja, com potencial a se ocluir/fechar.

Quando este ângulo fecha, a drenagem do líquido que se encontra dentro do olho é interrompida, levando a um grande aumento da pressão ocular.

As características deste chamado ângulo oclusível podem ser:

  • um ângulo entre a íris e a córnea mais estreito, logo levando a risco de fechamento como descrito acima.
  • uma crista de elevação na parte mais externa da íris, próxima do ângulo de drenagem, chamada de “íris em plateau”, sendo esta crista um fator de risco para fechamento do ângulo nos momentos onde há dilatação pupilar.
  • uma interrupção na corrente do fluido intraocular que passa da parte de trás para a parte da frente da íris. Esta interrupção acontece pelo contato da íris com o cristalino gerando um “bloqueio pupilar” e formação de uma bolsa de líquido atrás da íris que a projeta para a frente chamada de “íris bombée”.

Uma condição de risco para glaucoma agudo é um cristalino muito inchado, que devido às suas grandes dimensões, “empurra” a íris para frente, levando ao risco de fechamento do ângulo de drenagem ou mesmo de bloqueio pupilar e íris bombée.

O tratamento para crises de glaucoma agudo consiste na administração de medicações via endovenosa, via oral, colírios e eventualmente iridotomia à laser de urgência, se a condição ocular permitir.

Em pacientes com crises prévias ou grande risco anatômico de desenvolver um glaucoma agudo, uma pequeno e microscópico orifício com o uso de laser pode ser realizado na íris, próximo ao ângulo para prevenir crises de glaucoma. Este procedimento chama-se iridotomia à laser (vide menu de tratamentos do site).

Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV