(41) 3092-4200 Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV

A catarata é uma doença ocular extremamente frequente e uma das maiores causadoras de cegueira no mundo. Ela é tratável nos dias de hoje por uma cirurgia delicada e rápida.

A cirurgia de catarata evoluiu enormemente nos últimos anos. Temos, hoje em dia, equipamentos capazes de realizar cirurgias rápidas, pouco traumatismo ao olho, através de microincisões de aproximadamente 2 mm, por onde é retirada a catarata e, em seguida, implantada a lente intraocular que substituirá o cristalino removido.

Alguns modelos de lentes intraoculares mais recentes permitem também a correção de astigmatismos. Outros modelos de lentes intraoculares multifocais oferecem ao paciente uma visão não somente para longe, como também para perto após a cirurgia. A escolha de cada tipo de lente depende, obviamente, das características oculares e também pessoais de cada paciente. A recuperação pós-operatória é rápida e o paciente pode retomar suas atividades normais poucos dias após a cirurgia.

O procedimento é realizado na grande maioria dos casos sob anestesia local, com sedação, porém ele também pode ser realizado, em raros casos, sob anestesia geral.

A cirurgia combinada de catarata com vitrectomia é indicada em casos onde a catarata e a opacidade gerada por ela causem dificuldade e visibilização da retina por parte do médico durante a vitrectomia.

Também é indicada em casos onde o cristalino possa impedir o acesso partes da retina como em alguns casos de descolamento de retina. Em casos onde haja forte probabilidade de desenvolvimento de catarata no pós-operatório de vitrectomia, pode-se também optar cirurgia de catarata combinada já no ato inicial.

Duração: 15 minutos.
Preparo: jejum de 8 horas e dilatação pupilar são necessários. O paciente deve estar acompanhado por um responsável maior de idade.

Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV