(41) 3092-4200 Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV

A catarata é uma doença ocular extremamente frequente e uma das maiores causadoras de cegueira no mundo. Ela é tratável nos dias de hoje por uma cirurgia sofisticada, delicada, rápida e de alta tecnologia (vide menu tratamentos).

O cristalino é um componente interno do nosso olho que tem a função de focalizar os objetos para os quais olhamos. A catarata é uma opacificação, que gera perda de transparência do cristalino.

Com o passar dos anos, o cristalino vai se tornando amarelado, talvez exercendo um mecanismo natural de proteção contra a penetração de determinados tipos de luz no interior de nossos olhos. Este amarelamento inicial do cristalino, vai tornando-o opaco com o passar do tempo, transformando-o numa estrutura menos transparente do que ele deveria ser para proporcionar uma visão nítida, cheia de contrastes e cores vivas.

A causa mais comum de aparecimento de catarata é a idade. Outras causas são a catarata congênita, a catarata precoce em pacientes diabéticos e usuários de corticóides e a catarata ligada a doenças do metabolismo. A catarata pode ainda ser decorrente de traumatismos oculares, inflamações oculares como as uveítes e secundárias a cirurgias prévias intraoculares.

Os sintomas frequentes do aparecimento da catarata são a baixa de acuidade visual, o aparecimento progressivo de dificuldades em ambientes com incidência de raios solares, dificuldade para dirigir à noite, diminuição na vivacidade das cores e dos contrastes.

Outro achado sugestivo de progressão da catarata é o aumento da miopia em pacientes já míopes ao redor dos 50/60 anos ou, inversamente, o aumento progressivo da hipermetropia em pacientes desta mesma faixa etária.

Rua da Paz, 195, sala 123, 1º andar, Alto XV